O desafio de retomar o fôlego

Guilherme Dietze, assessor econômico da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo – FecomercioSP

Com projeção de registrar em torno de 6% de crescimento nas vendas em 2019, segundo previsão da FecomercioSP, o segmento de eletrodomésticos e eletrônicos paulista ainda enfrenta desafios para atingir o desempenho do período pré-crise e retomar o fôlego de outros tempos.

A variável emprego é fundamental para o desenvolvimento dos setores de duráveis, bem como as condições favoráveis de crédito, sendo esse um momento delicado para os empresários, que têm que sobreviver a este período de restrição de consumo das famílias.

Diante do quadro delicado, em que os efeitos positivos econômicos da possível aprovação da Reforma da Previdência só devem ser sentidos em 2020, cabe ao empresário adaptar os estoques, evitar dívidas, manter o fluxo de caixa saudável e facilitar as formas de pagamento. Além disso, é importante acompanhar o desempenho do segmento na Black Friday e no Natal, datas que serão o melhor termômetro para projetar um futuro mais próspero, superando, no longo prazo, os dissabores dos últimos anos.

 

Fonte: Revista Eletrolar News ed. 131

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários