Bem-vinda ajuda para a logística reversa

Green Eletron, gestora de logística reversa, pode ajudar o setor no desafio da reciclagem de lixo eletrônico.

A atuação da Green Eletron, gestora de logística reversa, foi tema de Henrique Mendes, gerente de sustentabilidade da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), na 14ª Eletrolar Show. Criada pela entidade em 2016, sem fins lucrativos, a Green Eletron atende à demanda por alternativas para a coleta e o tratamento adequado dos eletroeletrônicos em seu fim de vida e cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos, Lei 12.305/10.

Um sistema coletivo foi criado pela Green Eletron para fazer toda a logística reversa de suas associadas, desde a coleta até o envio do lixo eletrônico para recicladoras, responsáveis por transformar esses produtos em matéria-prima para a fabricação de novos pela indústria. Hoje, são seus associados dezenas de fabricantes e importadoras de eletroeletrônicos e pilhas.

Henrique mostrou três modelos de coletores para estabelecimentos comerciais, onde os consumidores podem depositar os produtos que não utilizam mais. O Acordo Setorial, instituído pela PNRS, prevê que os fabricantes deverão coletar 17% em peso dos eletroeletrônicos colocados no mercado nacional. Deverão, também, ser criados cinco mil pontos de entrega em 400 municípios brasileiros.

Compartilhe (Share)

Faça um comentário

ver todos comentários