Portal Eletrolar.com

Notícias

Saldo positivo de empregos na indústria de eletroeletrônicos

Indústria do segmento ainda não recuperou os níveis de empregabilidade pré-crise.


A indústria de eletroeletrônicos registrou saldo positivo de 4,6 mil empregos no primeiro trimestre deste ano, segundo a Abinee (associação do setor).

O número é 57,3% maior que o do ano passado e recorde para o período desde 2013.

O resultado foi influenciado pelo resultado de janeiro e fevereiro, que concentraram as admissões. Em março, foram 502 novos empregos.

No acumulado dos 12 meses até março, o segmento gerou 3 mil postos de trabalho.

“A retomada da economia ainda é lenta, mas o segmento tem reagido bem. A tendência é que geremos ao menos 500 empregos ao mês até o fim de 2018”, diz o presidente da entidade, Humberto Barbato.

Mesmo com o dado, contudo, a indústria do segmento ainda não recuperou os níveis de empregabilidade pré-crise. São 238 mil funcionários atualmente, contra 294 em 2014.

“Usamos em média 70% da capacidade produtiva instalada. Dá para empregar mais, mas só será possível chegar ao patamar anterior à recessão com aumento das exportações”, afirma.

Fonte: Folha de S. Paulo

publicidade