Portal Eletrolar.com

Notícias

Eletrolar Show cresce 20% em 2018

Maior feira de negócios da América Latina de bens de consumo duráveis projeta aumento de 25% nas vendas para a edição de 2019.


Os números falam por si. Este ano, a feira Eletrolar Show, realizada em julho último, em São Paulo, cresceu 20% em faturamento na comparação com 2017. Para a edição de 2019, a projeção é de um aumento de 25% nas vendas. A performance é explicada pelo fato de o evento ser um ponto de encontro entre fabricantes e varejistas de norte a sul do País e por trazer boas oportunidades às empresas brasileiras de exportar seus produtos.

“Mais uma razão para o resultado registrado pela maior feira de negócios da América Latina de bens de consumo duráveis reside na capacidade da indústria de surpreender – com produtos que aliam inovação, tecnologia e design – os mais de 29 mil visitantes, contingente formado por profissionais de compras que representam 30 mil pontos de venda em todo o País”, diz Carlos Clur, presidente do Grupo Eletrolar, organizador do evento.

A interligação desses fatores e o fortalecimento da confiança entre a indústria e o varejo que a feira propicia devem levar a melhores resultados neste semestre em relação aos mesmos meses de 2017. No primeiro semestre de 2018, a categoria de televisores teve aumento de 29,98% nas vendas na comparação com o mesmo período de 2017, conforme dados da Eletros – Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos. A linha marrom avançou 20,27% até junho.

Em 2019, em sua décima quarta edição, a Eletrolar Show deverá impulsionar um número ainda maior de negócios, elevando a rentabilidade do mercado. A diversidade de produtos, que é uma das características da feira, e o patrocínio para a viagem de compradores de todas as regiões brasileiras e da América do Sul elevarão ainda mais o fluxo de visitantes do varejo de todos os portes, que têm características peculiares em cada região, dada a dimensão continental do País. Hoje, o varejo regional responde por 25% das vendas do segmento de eletros.

Retrato do mercado
Estudo exclusivo da empresa de pesquisas GfK, apresentado na Eletrolar Show, mostra que, nos primeiros cinco meses de 2018, o mercado brasileiro desses produtos movimentou R$ 42,5 bilhões ante R$ 40 bilhões em igual período de 2017, o que representou crescimento de 6%. Líderes de vendas nos primeiros meses de 2017, os smartphones, este ano, consolidaram a tendência de aparelhos com tela superior ou igual a 5,5” e capacidade de 32 GB ou mais, provocando o expressivo crescimento de 210% no faturamento das linhas com tais características, em relação ao período comparativo.

Os produtos que integram a linha branca, no total, faturaram 6% a mais nos primeiros cinco meses do ano em relação ao mesmo período de 2017. O melhor desempenho foi o de geladeiras, com crescimento de 3% em unidades comercializadas e aproximadamente 13% em faturamento. De janeiro a maio de 2018, as vendas de eletroportáteis cresceram 4% em faturamento e 4% em volume, ante igual período de 2017. Os produtos que fazem parte da linha “cozinhar/comer” tiveram o maior crescimento de faturamento, 14%.

Na categoria de informática, evoluiu a recuperação iniciada a partir da Black Friday de 2016. O total de computadores, que inclui notebooks e desktops, apresentou crescimento de 8% em unidades e de 10% em faturamento. Isoladamente, os notebooks cresceram 14% em faturamento e 10% em volume. Os processadores com maior robustez continuam a ganhar importância e, atualmente, representam mais de 50% do mercado em termos de faturamento

Fonte: Redação Eletrolar News

publicidade