Portal Eletrolar.com

Notícias

Dell projeta a volta das compras de TI no setor público

Para o gerente geral da Dell EMC no Brasil, Luis Gonçalves, a TI é o fio condutor para a sobrevivência no futuro e a expectativa é que, este ano, o governo federal volte a comprar para fazer a sua jornada digital. “Não há retomada da economia, sem o uso da TI”, sinaliza.

Luis Gonçalves

Ao completar 20 anos de Brasil, a Dell avalia que o viés é positivo para uma melhoria dos negócios no País em 2019, mas as expectativas precisam ser concretizadas, observa o gerente-geral da Dell EMC no Brasil, Luis Gonçalves. Segundo ele, a TI é chave para a retomada, especialmente, no setor público, que parou de comprar no ano passado.

“A tecnologia é um fio condutor para a sobrevivência no futuro. Na era da transformação digital, não há como deixar de investir. Serviços digitais são essenciais”, afirmou o executivo, que participou nesta quarta-feira, 16/01, de um encontro com a imprensa para divulgar o Índice de Transformação Digital da Dell Technologies (DT index), realizado pela Vanson Bourne em parceria com a Intel, na capital paulista.

Luis Gonçalves – que previu que as vendas de PCs na Black Friday seriam menores do que as esperadas- admite que os últimos trimestres de 2018 não foram bons para a venda de PCs, mesmo com a Dell mantendo grande vantagem em relação aos seus concorrentes, mas também não foram para a comercialização de celulares, como mostrou estudos da IDC. “Houve uma retraída geral, mas acredito, realmente, que teremos um 2019 melhor. Se concretizadas as expectativas positivas, a indústria vai investir mais em tecnologia. Será inerente para enfrentar a era digital”, insistiu o gerente-geral.

De acordo ainda com o executivo, a era digital está reformulando a forma como se vive, trabalha e conduz os negócios. “A necessidade da digitalização é cada dia mais mandatória para que as empresas permaneçam competitivas em seus respectivos mercados, que inclui a capacidade da empresa de seguir inovando e se diferenciando da concorrência”, reafirma o gerente geral da Dell EMC Brasil.

O DT Index mostra que as empresas também estão se voltando para tecnologias emergentes e soluções de cibersegurança para possibilitar e proteger a Transformação Digital. Para os próximos três anos, os executivos brasileiros sinalizam investimentos em: multicloud, cibersegurança, tecnologias de Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial, abordagem de computação centrada, tecnologia em Flash, blockchain, realidade virtual e/ou aumentada e computação quântica.

Fonte: Convergência Digital

publicidade