Portal Eletrolar.com

Notícias

Confiança do empresário aumenta e é a maior desde novembro de 2012, informa CNI

ICEI mostra que os industriais estão otimistas com as condições atuais dos negócios


O Índice de Confiança do Empresário Industrial  (ICEI) aumentou 1,8 ponto de novembro para dezembro e alcançou 58,3 pontos. Foi a quinta alta consecutiva do indicador, que está 4,2 pontos acima da média histórica, e é o maior desde novembro de 2012, quando ficou em 58,4 pontos, informa a pesquisa divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta segunda-feira, 18 de dezembro. Os indicadores da pesquisa variam de zero a cem pontos. Quando estão acima de 50 pontos mostram que os empresários estão confiantes.

“Empresários confiantes tendem a contratar e a fazer investimentos, o que é importante para a recuperação da economia e do emprego”, afirma o economista da CNI Marcelo Azevedo. Ele explica que a alta do ICEI é resultado da melhora da percepção dos industriais sobre as condições atuais dos negócios e as perspectivas sobre o desempenho das empresas e da economia nos próximos seis meses.

O indicador de condições atuais alcançou 52,9 pontos em dezembro, o maior nível desde fevereiro de 2011, quando ficou em 54,2 pontos. Em relação a dezembro de 2016, o indicador aumentou 12,2 pontos. Isso mostra que os empresários percebem uma melhora cada vez mais significativa nas condições atuais das empresas. O índice de expectativas também cresceu e alcançou 61 pontos, o maior patamar desde março de 2013, indicando que os empresários estão mais otimistas

Esta edição do ICEI deste mês foi feita entre 1º e 13 dezembro com 2.852 empresas em todo o país. Dessas, 1.118 são pequenas, 1.080 são médias e 654 são de grande porte.

 

Fonte: CNI

publicidade