Portal Eletrolar.com

Notícias

Com aumento de despesas, WEG registra queda no lucro trimestral

Receita líquida da fabricante de motores elétricos, porém, cresceu 12,5% no período, para R$ 2,67 bilhões


A fabricante de motores elétricos WEG registrou recuo de 7,1% em seu lucro líquido no 4º trimestre de 2017, na comparação anual, para R$ 300,3 milhões. Grande parte da redução deveu-se a um resultado financeiro pior.

Entre outubro e dezembro, a companhia apurou receita líquida de R$ 2,67 bilhões, 12,5% a mais do que no mesmo período de 2016. Desse total, 46% foi capturado no mercado interno e os outros 54%, no externo. Levando em conta as áreas de atuação, as mais relevantes foram de eletroeletrônicos industriais, com 50,5% da receita, e geração, transmissão e distribuição, com 33,4%.

A empresa informou ainda que seu lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) totalizou R$ 376,3 milhões no trimestre, queda de 3,8% na comparação anual. Nesse caso, o aumento de 4,4% nas despesas com vendas, para R$ 237,4 milhões, e de 9,6% nas administrativas, para R$ 127,1 milhões, teve maior influência.

As despesas financeiras líquidas da WEG foram de R$ 6,6 milhões no período, contra cifra positiva em R$ 47,6 milhões um ano antes. A marcação a mercado de operações com derivativos denominadas em moeda estrangeira e o menor rendimento do CDI foram citados como principais responsáveis pela piora.

Em 2017 como um todo, o lucro da WEG foi de R$ 1,14 bilhão, 2% de crescimento sobre 2016. A receita líquida subiu 2%, para R$ 9,52 bilhões, e o Ebitda ficou 4% maior, atingindo R$ 1,47 bilhão.

A empresa investiu R$ 265,8 milhões durante o ano e projeta orçamento de R$ 533,8 milhões em 2018.

Fonte: Valor Econômico

publicidade