Portal Eletrolar.com

Artigos

  • 01/08/2018 | 09h14

Segmento eletroeletrônico impulsiona ano positivo do Polo Industrial de Manaus

Por: Appio Tolentino, superintendente da Suframa

Os indicadores de desempenho do Polo Industrial de Manaus (PIM) no início de 2018 já haviam mostrado resultados alentadores de faturamento, exportações e geração de empregos, o que só contribuiu para fortalecer as projeções positivas em torno da consolidação da retomada econômica do PIM e do modelo de desenvolvimento instalado na região. Pode-se citar, como principal exemplo, o faturamento de R$ 7,15 bilhões registrado em janeiro, que foi recorde para esse mês na série histórica.

De fato, embora os dados do primeiro semestre ainda não estejam oficialmente fechados, a partir da análise das estatísticas parciais estima-se que o PIM caminhe fortemente para registrar o seu melhor ritmo de faturamento dos últimos seis anos, com aumento de aproximadamente 20% no faturamento global e nas exportações em relação ao mesmo período do ano passado. A mão de obra, por sua vez, continua evoluindo e inspirando otimismo no que diz respeito aos seus resultados para os próximos meses.

Esse momento ascendente do PIM está relacionado, em parte, à evolução do seu segmento mais representativo: o Polo Eletroeletrônico, incluindo bens de informática. Com faturamento projetado de R$ 24 bilhões no primeiro semestre – o que corresponderia a um aumento de aproximadamente 30% em relação ao mesmo período de 2017 –, esse setor é responsável também, atualmente, por cerca de 40% de todos os empregos diretos gerados no Polo (algo em torno de 33 mil trabalhadores).

Os dados parciais apontam, ainda, incremento na produção de televisores com tela de cristal líquido (LCD), telefones celulares e microcomputadores portáteis, três dos itens mais representativos entre aqueles fabricados pelo Polo Eletroeletrônico. Estima-se que, somente nos quatro primeiros meses de 2018, mais de 5 milhões de unidades de TVs de LCD tenham sido produzidas, o que equivaleria, por si só, a um crescimento de mais de 50% em relação ao mesmo período do ano passado. O impacto da Copa do Mundo FIFA 2018 foi, portanto, um catalisador indiscutível para o momento positivo do segmento eletroeletrônico e, de uma forma mais ampla, do PIM.

A Suframa – Superintendência da Zona Franca de Manaus continua monitorando o ambiente de negócios da região e, aliada ao Governo Federal e em sintonia com entidades de classe e demais órgãos governamentais, trabalha para que esses resultados positivos continuem a ocorrer e se acentuem. O segundo semestre do ano, geralmente, traz uma intensificação dos indicadores registrados na primeira metade, e a autarquia está confiante de que esse cenário seja presenciado novamente neste ano – com base nos resultados das políticas adotadas pelo governo brasileiro, que têm buscado maior eficiência e produtividade, bem como estímulo à demanda no mercado doméstico.

Fonte: Revista Eletrolar News ed.125

publicidade