Portal Eletrolar.com

Notícias

Apple é quase uma empresa de US$ 1 trilhão

Mas poderá ser superada em breve pela Amazon.com, que está logo atrás.

REUTERS/Dado Ruvic


A Apple está prestes a se tornar a primeira empresa norte-americana listada a valer US$1 trilhão, mas, mesmo que chegue lá, poderá ser superada em breve, já que a Amazon.com está logo atrás.

Criada na garagem do co-fundador Steve Jobs, em 1976, a receita anual da fabricante do iPhone subiu para US$ 229 bilhões, valor maior do que o produto interno bruto (PIB) de países como Portugal e Nova Zelândia.

O valor de mercado da Apple superou o recorde de US$ 934 bilhões na quinta-feira (10.05), após a companhia anunciar na semana passada um programa de recompra de ações de US$ 100 bilhões e notícias de que a Berkshire Hathaway, do bilionário Warren Buffet, aumentou significativamente sua participação na empresa.

Graças a uma alta de 12% desde o balanço trimestral da empresa na última terça-feira (08.05), a Apple está apenas 8% abaixo da marca de US$1 trilhão.

Apontando para o recente salto de 31% da Apple em receita de serviços, incluindo streaming de música e armazenamento online, o analista da CFRA, Angelo Zino, elevou seu preço alvo para as ações da empresa de US$ 195 para US$ 210, o que colocaria o valor de mercado da empresa em US$ 1,03 trilhão. A aposta de Zino caminha junto com a de 12 outros analistas, que definiram metas de preço que colocam o valor do mercado das ações da Apple em 13 dígitos.

Mas a Apple corre o risco de ser superada na marca de US$ 1 trilhão – ou ultrapassada logo em seguida – pela Amazon.com, a segunda maior companhia listada norte-americana em valor de mercado, com avaliação de US$ 780 milhões.

Enquanto isso, as autoridades da Arábia Saudita disseram esperar uma oferta pública inicial (IPO) da Saudi Aramco, que valorizaria a petrolífera saudita em cerca de US$ 2 trilhões.
Com US$ 765 bilhões, a Alphabet, controladora do Goole, tem o terceiro maior valor de mercado de Wall Street. A Microsoft aparece logo atrás, com US$ 749 bilhões. A Amazon passou ambas as companhias em fevereiro.

Fonte: Reuters

publicidade