Portal Eletrolar.com

Notícias

Apple e Google já não são mais vistos com tanta estima pelos consumidores

Uma nova pesquisa nos EUA sobre percepção de marca mostrou que as gigantes já não têm o respeito dos consumidores como antigamente.


O “Reputation Quotient” de 2018, da The Harris Poll, mostra o nível da reputação de grandes marcas nos EUA entre seus consumidores. 25.880 pessoas foram entrevistadas para compor o ranking atual de marcas mais respeitadas.
A The Harris Poll mede desde 1999 o respeito pelas 100 principais marcas do ano vigente. São vinte critérios, divididos em seis categorias, como “Responsabilidade social”, “Visão e liderança” e “Apelo emocional”.

A Apple, que já chegou a ficar na quinta posição entre as mais respeitadas em 2017, agora amarga o 29º lugar. Talvez a culpa seja dela mesma: a empresa admitiu que diminuía de propósito a velocidade de aparelhos antigos. Não pegou nada bem no quesito “confiança dos consumidores”.

O Google também caiu diversas posições e agora aparece na 28ª posição. A marca se envolveu em escândalos com o youtuber Logan Paul (muitos acharam que ela demorou a responder a grave questão).

A Amazon figura no topo do ranking como a mais respeitada. Em segundo, vem a rede de mercados Wegmans.
Nas posições seguintes, aparecem a Tesla Motors, a rede de restaurantes Chick-fil-A e a The Walt Disney Company.

Dividindo as marcas de acordo com os seis grandes critérios da pesquisa, eis as três mais respeitadas em cada segmento:
Produtos e serviços: Amazon, Tesla Motors e Wegmans
Ambiente de trabalho: Wegmans, Chick-fil-A e Tesla Motors
Performance financeira: Amazon, The Walt Disney Company e Berkshire Hathaway
Visão e liderança: Tesla Motors, Amazon e Berkshire Hathaway
Apelo emocional: Amazon, Chick-fil-A e UPS
Responsabilidade social: Tesla Motors, Wegmans e Whole Foods Market

Fonte: Exame.com

publicidade