Portal Eletrolar.com

Notícias

Anatel diz que leilão de 5G será no primeiro trimestre de 2020

Entre as primeiras aplicações do 5G no País espera-se a expansão da rede banda larga fixa sem fio, que utilizará a conexão mais rápida.

A Anatel afirmou que o leilão das faixas de transmissão de 5G, a quinta geração de conexão para serviços móveis, será no primeiro trimestre de 2020. O anúncio foi dado pelo presidente da autarquia, Leonardo Euler de Morais, durante a Mobile World Congress, feira do setor de telecomunicações realizada em Barcelona e confirmado pelo G1 junto à autarquia.

Segundo ele, o edital não tem como foco arrecadar recursos para o governo federal. Apesar disso, análise do Banco Itaú, do final do ano passado, aponta que o leilão da rede 5G poderia arrecadar até R$ 20 bilhões.

“Não queremos reproduzir algumas experiências como as da Itália e da Alemanha, onde o preço do megahertz foi muito alto. Não quero dizer que vamos doar espectro como foi feito na China, mas, para que possamos consolidar o ecossistema de 5G no Brasil, é preciso que tenhamos um edital com mais obrigações de fazer do que de pagar”, disse o presidente da Anatel ao Valor Econômico.

Ainda de acordo com ele o edital será divulgado ainda este ano, para que o leilão aconteça no início de 2020.

Entre as primeiras aplicações do 5G no País, espera-se a ampliação da rede de banda larga fixa sem fio.

Essa funcionalidade permitirá às empresas de telecomunicações vender conexão residencial à internet sem ter que investir pesado numa infraestrutura de cabos de cobre e fibra óptica. O modem residencial poderia utilizar a conexão mais rápida e com menos latência do 5G — como já acontece em algumas cidades dos Estados Unidos.

Fonte: G1

publicidade