Portal Eletrolar.com

Notícias

46% dos softwares utilizados no Brasil não são licenciados

Sistemas ficam mais vulneráveis a ataques cibernéticos


Pouco menos da metade (46%) dos softwares utilizados no Brasil não são licenciados, segundo a BSA, entidade que reúne empresas como Microsoft, Apple, IBM e Salesforce.

Além de tornar sistemas mais vulneráveis a ataques cibernéticos, a estimativa é que programas piratas ou sem licenças atualizadas tenham um valor de mercado de US$ 1,7 bilhão (R$ 6,4 bilhões no câmbio atual).

“O Brasil segue em tendência de queda, teve uma redução de um ponto percentual em relação a 2016, mas ainda está longe de um patamar ideal”, afirma Antonio Eduardo Mendes da Silva, diretor da BSA no Brasil.

O uso de software licenciado no país está mais avançado que na América Latina, mas ainda fica aquém da média global, de 37%, assim como de mercados mais maduros, como Japão (16%) e Estados Unidos (15%).

O levantamento é realizado a cada dois anos com a consultoria IDC em 110 países. Na edição de 2018, foram mais de 23 mil entrevistas.

Fonte: Folha de S. Paulo

publicidade